Supermercados no Piauí poderão funcionar até às 23h no fim de semana.

0
22

O novo decreto assinado pelo governador Wellington Dias (PT) para conter o avanço da covid-19 no estado trouxe algumas mudanças em suas recomendações, uma delas diz respeito ao horário de funcionamento dos supermercados durante o lockdown no final de semana, sábado dia 24 e domingo, 25. Esses estabelecimentos tiveram o horário de abertura expandido.

Nas últimas semanas, mercearias, mercadinhos, mercados, supermercados, hipermercados e padarias só podiam funcionar até as 20h nos dias de lockdown. Com o novo decreto, esses estabelecimentos poderão ficar abertos até às 23h.

No entanto, permanece a restrição de vendas de alguns produtos durante o lockdown. Nos dois dias. Os estabelecimentos ficam proibidos de comercializar artigos de vestuário, móveis, colchões, cama box, aparelhos celulares, computadores, impressoras e demais aparelhos e equipamentos de informática.

Segundo o decreto do Governo do Estado, a decisão pela prorrogação das medidas, com as alterações em relação aos horários, levou em consideração a constatação de estabilidade na demanda por leitos clínicos e de terapia intensiva; a regressão do estado de alta para estabilidade no número de óbitos por covid-19; bem como o esforço do Estado e dos Municípios na execução de medidas preventivas vinculadas ao fortalecimento do Programa Busca Ativa, das barreiras sanitárias e de outras ações de atenção primária à saúde.

Podem abrir durante os dias de lockdown, mercearias, mercadinhos, mercados, supermercados, hipermercados, padarias e produtos alimentícios, farmácias, drogarias, produtos sanitários e de limpeza.
No setor de serviços podem abrir, os bancos e lotéricas, oficinas mecânicas e borracharias, lojas de conveniência e lojas de produtos alimentícios situadas em rodovias estaduais e federais, exclusivamente para atendimento de pessoas em trânsito,
postos revendedores de combustíveis e distribuidoras de gás, hotéis, com atendimento exclusivo dos hóspedes, distribuidoras e transportadoras,
serviços de segurança pública e vigilância, serviços de alimentação preparada e bebidas exclusivamente para sistema de delivery ou drive-thru, serviços de telecomunicação, processamento de dados, call center e imprensa, serviços de saúde, respeitadas as normas expedidas pela Secretaria da Saúde do Estado do Piauí, serviços de saneamento básico, transporte de passageiros, energia elétrica e funerários; agricultura, pecuária, extrativismo e indústria,
templos, igrejas, centros espíritas e terreiros.

A fiscalização das medidas restritivas será exercida de forma ostensiva pelas vigilâncias sanitárias estadual e municipal, com apoio da Polícia Militar, Polícia Civil e da Guarda Civil Municipal, onde houver. Fonte: BPessoa. Foto: Edição: APM Notícias.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui