IBGE anuncia suspensão das provas de seleções com mais de 200 mil vagas em todo o Brasil.

0
39

Após ter orçamento cortado para o Censo 2021, a Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, informou a suspensão das provas referentes ao processo seletivo com mais de 200 mil vagas. A informação foi divulgada em nota, no site oficial do órgão.

Com um orçamento previsto de R$ 2 bilhões, o Censo sofreu um corte de R$ 1,76 bilhão, segundo o parecer final apresentado pelo relator-geral da Comissão Mista Orçamentária (CMO) do Congresso Nacional.

Seleção para o Censo      

São 204.307 vagas para os cargos de recenseador, agente censitário municipal e agente censitário supervisor.

Do total, são oferecidas 181.898 vagas para recenseador, 16.959 para agente censitário supervisor (ACS) e 5.450 para agente censitário municipal (ACM) em 5.297 municípios do país. Os quadros de distribuição das vagas estão disponíveis para consulta no site do Cebraspe, empresa organizadora dos processos seletivos.

As vagas são temporárias e os contratos terão duração prevista de três meses para a função de recenseador e de cinco meses para ACM e ACS, podendo ser renovados de acordo com as necessidades do IBGE e a disponibilidade orçamentária.

O IBGE também divulgou dois editais de processos seletivos com 6.500 vagas. Estas seleções não foram afetadas pelo corte no Orçamento e seguem normalmente.

As seleções são organizadas pelo Cebraspe e pelo IBFC. As chances são temporárias são para todos os estados do país, em mais de 500 municípios, e estão distribuídas em quatro editais.

São oferecidas 5.623 vagas para Agente de Pesquisas e Mapeamento, 552 para Supervisor de Coleta e Qualidade, 300 para Agente de Pesquisas por Telefone e 25 para Supervisor de Pesquisas, sendo as duas últimas funções apenas para o município do Rio de Janeiro (RJ). Essas oportunidades são para trabalhar nas pesquisas que constam no calendário de divulgação mensal do IBGE.

Para concorrer à função de Supervisor de Pesquisas, com remuneração de R$ 5.100,00, o candidato deve ter ensino superior completo; já para as demais funções, cuja remuneração varia de R$ 1.345,00 a R$ 3.100,00, é exigido o ensino médio completo.

Para Agente de Pesquisas por Telefone, além do nível médio, o candidato deve ter experiência comprovada de pelo menos um ano em teleatendimento/telemarketing. Fonte: CBr. Fotos: JBr. Edição: APM Notícias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui