Rios piauienses na região norte atingem o nível máximo e provocam alerta, diz CPRM.

0
26

Três rios piauienses atingiram, nesta quarta-feira (31), níveis acima da cota de atenção e alerta. É o que aponta o Boletim emitido pelo Sistema de Alerta da Bacia do Rio Parnaíba, da Companhia de Pesquisa e Recursos Minerais, a CPRM.

rio Marathaoan, em Barras, continua a registrar níveis acima da cota de alerta. Hoje, às 06h45, a cota registrada é de 378 cm, 8 cm acima da cota de alerta. A tendência é que o nível continue estável pelas próximas oito horas, com cota em torno dos 378 cm, mas ainda abaixo da cota de inundação, que é de 420 cm.

Na cidade de Esperantina, o rio Longá está com nível em ascensão devido às chuvas ocorridas nas últimas 12 horas. Com a elevação do nível, a estação está neste momento em situação de atenção. O nível atual da cota é de 5,48m (8 cm acima da cota de atenção). A previsão das próximas oito horas é que o nível fique em torno de 5,64 m.

O mesmo acontece na cidade de Luzilândia, cujo nível do Parnaíba continua em situação de atenção e a cota registrada hoje às 06h30 de hoje foi de 4,15m. A previsão é que o nível diminua um pouco nas próximas 12h, podendo ficar em 4,11m ao final da validade da previsão.

O rio Parnaíba, nas cidades de Floriano no Piauí e Barão de Grajaú no Maranhão e em Teresina apresentam os níveis abaixo da cota de atenção, portanto dentro da normalidade. Assim como o rio Poti, em Teresina, que está com a cota atual de 3,07m e previsão de pequena oscilação do nível nas próximas 10h, com a cota em torno de 2,90m.

O rio Parnaíba, em Teresina, está com a cota de 3,34m e deve manter-se assim nas próximas 8h, chegando em valores em torno de 3,30m.

A estação de Barão de Grajaú, nos municípios de Barão de Grajaú/Floriano, apresenta nível dentro da normalidade, com cota de 3,93m. A previsão é de diminuição do nível nas próximas 8h para valores em torno de 3,57m.

Até às 6h desta quarta-feira, a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) está liberando uma vazão de 420 m³/s na Barragem de Boa Esperança. Fonte: ODIA. Foto: ODIA.  Edição: APM Notícias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui