CODEVASF está investindo mais de R$ 280 milhões no Maranhão desde 2020.

0
36

 

A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba, a Codevasf, empenhou mais de R$ 280 milhões no Maranhão em 2020. O aporte de recursos federais atende ações como acesso a água para comunidades rurais difusas, entrega de equipamentos para inclusão produtiva, preservação e recuperação de nascentes, recuperação e pavimentação de vias e construção de pontes modulares. Os dados são da 8ª Superintendência Regional da Codevasf, sediada em São Luís.

 

Do total empenhado pela empresa, R$ 185 milhões estão distribuídos em 110 convênios celebrados com prefeituras de quase 90 municípios maranhenses. Nessas localidades, centenas de famílias terão água potável na torneira de casa trazida pela implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água; enquanto outras serão beneficiadas com a melhoria de estradas vicinais, construção de feiras, mercados e praças do produtor.

Com as obras de construção e recuperação de estruturas viárias, ao todo, habitantes de 67 municípios estão sendo beneficiados. A ação contribui para ampliar o escoamento da produção, assim como a integração de localidades e o tráfego eficiente de pessoas entre a zona rural e a sede dos municípios.

 

Ainda segundo dados do balanço da 8ª Superintendência Regional da Codevasf, milhares de pequenos produtores rurais no estado passam a contar com máquinas e equipamentos para  melhorar os meios de produção. Para tanto, no ano passado foram empenhados R$ 45 milhões do Orçamento Geral da União, destinados à empresa por emendas parlamentares.

Entre os equipamentos entregues pela Codevasf estão patrulhas agrícolas mecanizadas completas, compostas por trator, grade aradora e carreta de madeira; caminhões leves; roçadeiras de arrasto; bombas d’água; motores de popa; kits de irrigação; despolpadeiras de frutas; barracas de feiras livres; além de retroescavadeiras, pás carregadeiras, escavadeiras hidráulicas, caminhões frigoríficos e caminhões compactadores de resíduos sólidos. Fonte: MaHoje. Fotos: ALMaSenado/Codevasf. Edição: APM Notícias.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui